Sorte & Azar isso existe mesmo?

Primeiro agradecendo todos os comentários, fiquem a vontade para comentar, se eu não comentei no seu blog, cobre-me, diga "Tainá, você ainda não comentou no meu blog, trate já de comentar rsrs ^^".
          Sorte & Azar, esse negócio existe mesmo? É superstição, lenda, conto, fábula, em fim, historinha pra boi dormir? Claro que várias pessoas já tem sua opinião muito bem formada, e acho que esse assunto divide muito as pessoas, e você o que acha? Clique em Continue Lendo

Para tudo tem um começo então vamos lá, se Sorte & Azar existe, é cada qual com seu par, ou seja cada um acredita no que lhe convém.

                   Pesquisei em vários sites, uns três rsrs, e neles, claro opiniões diferentes, mas que fazem repensar as nossas próprias opiniões. Veja:
O que é azar?- Pelo ponto de vista da Sandra Kulcheski Bergossi do site Jornal Livre, ela diz o seguinte: É um sinônimo de acaso. Neste sentido o termo é usado, por exemplo, na expressão jogos de azar, ou seja, jogos não dependem apenas do raciocínio ou da habilidade dos jogadores, por conter alguma regra que implique acaso.
 Ela quis dizer com isso que o termo (palavra) "Azar" é um sinônimo (parecido) com o acaso, que como ela cita, usado nos jogos de azar, que não é apenas um jogo de raciocínio mais também de habilidade.

Ela também cita (mesmo site acima) sobre a Má sorte- É entendido como o oposto de sorte ou associado à má sorte e, assim, o azar se aplica como crença de que situações, pessoas e objetos possam produzir resultados reiteradamente negativos, catastróficos ou desastrosos. Situações são qualificadas como azaradas, azar ou "de azar" quando ocorrem de modo contrário à expectativa, ou quando provocam uma surpresa que resulta em um desastre, prejuízo, perda ou catástrofe.Pessoas podem ser azaradas ou ter azar. Pessoas azaradas são as que com freqüência se envolvem em situações azaradas. Quando o azar ocorre ocasionalmente, diz-se que a pessoa "teve azar".
Ela diz que, a má sorte é entendida como o oposto (contrário) da sorte, e daí o azar é dado como crença, como objetos que trazem forças negativas, situações que o indivíduo passa uma saia justa, são chamadas de situações de azar, pelo fato de acontecer o contrário de tudo que essa pessoa imaginou. As pessoas chamadas "Azaradas" são aquelas que vivem e situações não muito bem vistas. 

Superstição, Sandra diz que- Para quem crê que o azar pode ser causado por um fator externo, objetos podem ser causa de azar. Desse modo, certos objetos ou situações a eles relativos podem trazer ou dar azar. Por exemplo, as crenças de que gato preto, ou o número 13 dão azar. Isso é chamado de superstição.
Em geral, a associação se dá por analogia com fato, lenda ou mito, que vincula o objeto ao azar. A analogia pode se estabelecer por tradição cultural ou individual, quando a pessoa, observando que há uma coincidência entre a presença de um objeto e fatos desagradáveis, começa a crer que o objeto lhe dê azar, embora não necessariamente dê azar aos outros.
Superstição, como diz, é para quem crê que o azar ou outra coisa venha por causa de coisas de fora, objetos, pessoas, cor de roupa, sinais e etc... Sendo assim, esse objetos, pessoas, cor de roupa e entre outros podem atrair o azar, como exemplos citados acima, gato preto, número 13 dão azar.

Já o site do Ivo Greis- Prosa e Verso vi a sua explicação sobre os fatos de uma maneira super interessante, olha os pontos que ele destaca em sua postagem:

  • Sorte e azar existem, mas as causas e circunstâncias que disparam esses eventos e os mecanismos como se processam são absolutamente desconhecidos;
  • Sobre a sorte e o azar, só conhecemos os efeitos, mas ninguém, em qualquer ramo do conhecimento humano, no passado ou no presente, conseguiu explicar convincentemente como, quando, nem por que esses eventos ocorrem;
  • Há que se distingüir o que é "sorte" ou "azar" daquilo que é provocado pela lei da causalidade e/ou do imponderável. Se é rotineiro, e conforme sejam as conseqüências positivas ou negativas, pode-se dizer que é "sorte" ou "azar", desde que independa das ações do agente. Se acontece uma única vez, com ou sem interferência do agente, é um resultado ou casualidade, perfeitamente natural; se acontece sucessivamente, mas com interferência das ações do agente, provocando o resultado, também é um fato perfeitamente natural;
  • Fatos isolados, que aconteceram apenas uma vez, por mais grandiosos ou bizarros que sejam, jamais devem ser rotulados como "sorte" ou "azar";
  • Sorte ou azar, pressupõem resultados positivos ou negativos, recaindo repetidamente (ou, pelo menos, mais de uma vez), sempre sobre a mesma pessoa, independentemente de suas ações.
  • O imponderável (tomado como substantivo e em seu sentido figurado) existe e pode ser definido como aquilo que não se pode medir, avaliar ou prever, podendo acontecer em qualquer momento e em qualquer lugar, sem causas aparentes ou por causas desconhecidas. Nada se pode fazer para evitá-lo.
        Eu concordo com todos os pontos dados, eu mesma não sei se acredito mesmo, mas usando como  exemplo; se acontece uma coisa ruim com você, não poderia evitar que isso acontecesse, por isso usamos azar e como o Ivo fala "Sorte e azar existem, mas as causas e circunstâncias que disparam esses eventos e os mecanismos como se processam são absolutamente desconhecidos;" Ele também da exemplos de Sorte & Azar:

1) A morte de Michael jackson: Um show foi cuidadosamente preparado e planejado, as datas estavam marcadas, ingressos já haviam sido vendidos, os ensaios quase terminados, o cantor envolvido, sem sinais aparentes de nenhuma doença grave, os patrocinadores e integrantes confiantes no sucesso (e certamente o seria) e, de repente... o astro morre. Aqui, agiu oIMPONDERÁVEL, ocorrência normal;
2) Um acidente aéreo ou automobilístico ocorre, todas as pessoas, menos uma morrem. A que escapou saiu quase ilesa, com apenas leves escoriações. Aqui, não agiu a imponderabilidade porque acidentes aéreos e automobilísticos estão dentro das possibilidades esperadas e nada têm de anormal. Nem mesmo o caso de haver apenas um único sobevivente. Ocorrência normal. Acidentes aéreos e rodoviários não podem ser considerados como anormalidades.
3) Um estudante pede demissão do seu emprego, seus pais lhe pagam o melhor cursinho pré-vestibular, ele leva a sério, estuda, tira as maiores notas em todos os simulados, sente-se preparado para brigar pelo primeiro lugar. Horas antes da prova adoece, pega 40 graus de febre e mais um desarranjo intestinal violento e perde a prova. Mais uma vez, agiu o imponderável, e não o azar. Ocorrência normal;
4) O mesmo carinha acima parte para a segunda tentativa e, no ano seguinte, no dia do exame, pega um trânsito engarrafado por causa de acidente, fica preso, se atrasa e... perde a prova. Mais um ano se passa, ele parte para a terceira tentativa, um outro incidente ocorre e ele perde, de novo, a prova. Aqui já agiu o azar. As ocorrências foram sucessivas, fugiram da normalidade e revelaram uma tendência negativa. Explicações? Não tem;
5) Um apostador, com apenas um volante de aposta mínima, acerta sozinho a mega-sena acumulada. Ocorrência normal (alguém,  teria de ganhar), se for uma única vez. Mais de uma, em curto espaço de tempo, já passaria a sersorte; Explicações? Lei da causalidade.
6) Um caso verídico: um senhor, não habituado a jogar em loterias, encontra um volante de lotomania preenchido, preso no parabrisas do seu carro; amassa-o e joga fora. No dia seguinte, a mesmíssima cena se repete e, então, ele resolve pegar o volante e joga 3 reais na lotomania, ganhando 2.700 reais. Paga algumas dívidas e, na mesma semana, resolve jogar 12 reais na mega-sena e ganha de novo, sozinho, desta feita, 18,9 milhões de reais. Aqui, sem sombra de dúvidas, agiu a sorte. Explicações? Não tem. Somando tudo, foram 4 coincidências, semelhantes, na mesma semana.
          Pode haver pessoas que falam e até eu mesma as vezes penso assim, que as coisas acontece de acordo com os nossos próprios atos, mas eu também não levo a sério esses tipos de coisas: Número 13 dá azar, passar por debaixo da escada, ter medo de gato preto, mas confesso que não gostaria de quebrar um espelho kk. Acho que acredito sim em Sorte & Azar, mas sempre lembrando que sou dona dos meus atos, não podemos jogar nossas responsabilidades em lendas e crenças. Bom Meninas agora uma piada básica :D

Isso que é Azar!
Um sujeito encontra um amigo que não via há muito tempo e, querendo ser simpático, inicia a conversa:
- E aí Paulinho, tudo bem?
- Péssimo... responde o outro.
- Mas como?!?!? Com aquela Ferrari que você tem??!?!?
- Perda total... E o seguro tinha acabado de vencer...
- Bem, vão-se os anéis, mas ficam os dedos... E aquele filhão inteligente?
- Estava dirigindo a Ferrari... Morreu...
O cara tenta fugir daquele assunto tão trágico:
- E aquela sua filha que mais parecia uma modelo?
- Pois é... Estava junto com o irmão... Só a minha mulher não estava no carro...
- Graças a Deus! Como ela vai?
- Fugiu com o meu sócio...
- Bem... Pelo menos a empresa ficou só para você...
- Ela fugiu com ele porque me roubaram tudo. Deixaram a firma falida... 'Totalmente falida... Estou devendo milhões!
- Poxa vida, então vamos mudar de assunto, e seu time?
- Sou FLAMENGUISTA...
- Pelo amor de Deus, Paulinho! Você não tem nada de positivo?????
- H I V...

Créditos: Ivo Greis.Prosa e Verso|Jornal Livre|Piadas!

Assim meninas visitem esses sites que vocês vão apurar suas dúvidas, espero que tenham gostado :D
Beijos e até o próximo Post!

9 comentários:

  1. Eu mesma não acredito nisso não...

    http://estilooque.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Hum, eu acredito nisso sim, mas não tive sorte de encontrar um trevo de quatro folhas! (kkk) Mas já achei na rua dinheiro, se isso não é sorte, não o que é! (^^)

    http://acessopermitidoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Sabe que eu acredito e não acredito, rsrs, sei lá, mas já falei várias vezes, "Que azar!" Claro que esses tipos de superstições eu não creio muito não, mas como eu disse depende do acaso :D Coisa confusa rsrs

    ResponderExcluir
  4. Ô florzona, já sigo aqui sim. Mas infelizmente ~coração quebrando aqui~ não vou poder aceitar seu convite. Fico muito honrada mas não posso. É que minha escola está de greve há muito tempo e surgiram rumores de que daqui a pouco as aulas voltarão. Não terei tempo pra nada, e já estou fazendo posts programados pois não vou ter tempo mesmo.
    Mesmo assim meus agradecimentos, se precisar de qualquer coisa pode contar comigo.

    Bjs e muito sucesso!
    Lele Fernandes
    http://estilooque.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que foto fofaaa , e do weheartit?
    Passa lá no blog :) Tem post novo !
    www.duzentosevinte220.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. É sim, obg por comentar :D

    ResponderExcluir
  7. Fico no meio termo, não consigo nem acreditar e nem em desacreditar.

    Beijos :*
    http://vaniteeen.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Acredito que existe isso, azar para mim só acontece tipo, você cair e se machucar feio, isso é azar, ganhei na loteria isso é muita sorte (sonho impossível :D), mais em superstição só um pouquinho.Adorei o seu Blog, muito lindo o designer

    ResponderExcluir
  9. Eu também as vezes fico em dúvida ;)
    Obrigado por comentarem :D
    Bjinhos

    ResponderExcluir